O que é um antigomobilista?

0
3947

Você que é aficionado por carros (como a gente!) já deve ter escutado o termo “Antigomobilista”, não? Pois é, pelas palavras que compõe a mesma, já podemos ter ideia do que possa significar. Porém, muita gente ainda confunde o antigomobilista com pessoas que compram carros antigos e usados por questões econômicas.

Isto é um equívoco. Na verdade, antigomobilista são pessoas que possuem um carinho especial por determinado carro\marca, onde manter o veículo com suas peças originais é mais importante, para preservar aquele automóvel que um dia fez parte da história impactando uma determinada sociedade em uma determinada época.

antigomobilista_
Quando um antigomobilista exibe seu carro ao publico, é certo que irá atrair pessoas. foto: jornalinteracao

Mas então, o que é um antigomobilista?

Antigomobilistas podem ser colecionadores, assim como ter paixão por apenas um carro ou uma marca. Ligam o carro algumas vezes ao dia ou então dirigem os mesmos só em determinados pontos da cidade com o objetivo de preservar da melhor maneira possível o veículo e sua história, já que a manutenção e a retifica de peças são difíceis de encontrar.

Apesar da paixão por carros se manifestar de diversas formas, hoje em dia temos uma febre por veículos novos. Temos tendência em adorar as novas aparências agressivas, rápidos, com rodas esteticamente incríveis, etc… enfim, aficionados por carros novos. Mas automóveis antigos também roubam cenas, tendo sua preservação atrelada diretamente com os antigomobilistas de todo o Brasil.

Um exemplo da importância, é o evento que ocorreu no dia 30 de Outubro a 1° de Novembro na Arena Pantanal, na capital Mato grossense, Cuiabá. Há alguns anos os colecionadores de carros antigos daquele local se encontravam, mas esta foi a primeira vez que expuseram os carros em um grande evento na capital, contando com colecionadores inclusive do interior do estado. O Brasil possui também museus espalhados em seus quatro cantos, porém, com pouco cuidado aparente. Entre eles se encontram o de Ulbra, em Canoas (RS) e o Museu do Automóvel, de Brasília (DF).

antigomobilista
Encontro de Antigomobilistas colocando seus carros em exibição. Note que os carros parecem ser novos graças ao tamanho cuidado destes apaixonados por automóveis. foto: tribunadonorte

Ser antigomobilista não é fácil. Sai caro ser um. Quando estes veículos estragam, pode ser difícil de encontrar (e caro!) peças, assim como o alto consumo e os problemas maiores, como o cuidado com o meio ambiente. Mesmo assim, antigomobilistas preservam a história do que já rodou, e muito, na sociedade antigamente: os carros antigos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA